TODOS ME DIZEM PORTA-TE BEM…O QUE É ISSO?

Quase todos os dias ouves os teus pais, familiares ou professores dizerem “porta-te bem”.

Às vezes pode tornar-se chato, pois eles nem sempre percebem que tu até te esforças por fazer o que é certo, mas isso exige um grande esforço de ti e nem sempre consegues.

""gelatinaMA

E tu sabes o que é um comportamento?

Um comportamento é o que tu fazes com o corpo, tal como: falar, estudar, cantar, correr, saltar, nadar, brincar, entre outros.

Mas, os nossos comportamentos não são todos iguais …

 

 

Os comportamentos são como a gelatina: podem ter várias formas! Imagina que estás a ajudar a mãe a fazer aquela gelatina de morango ou de ananás, de que tanto gostas …

Se meteres a gelatina dentro de uma forma má, sai uma figura má, não é?

 

  

E se a meteres dentro de uma forma boa, sai uma figura boa, certo?


Com os comportamentos é a mesma coisa: eles podem ser bons e/ou podem ser maus! 
 

 

 

 

 

 

Um comportamento mau é o que fazes com as partes do teu corpo (com a tua boca, as tuas mãos, os teus pés, as tuas pernas…) e que deixa os outros tristes ou magoados.

Um comportamento bom é o que fazes com as partes do teu corpo e que ajuda ou deixa os outros mais contentes. É que para além de fazeres “o que te dizem que deves fazer”, ainda podes fazer o teu pai, a tua mãe ou o teu professor mais feliz, não é fantástico?

 

E será que tu podes transformar um comportamento mau num comportamento bom?

Claro que sim! Tu podes transformar os teus comportamentos, tal como podes fazer a tua gelatina preferida de várias formas, cores e tamanhos diferentes.

 

Para isso, vamos deixar-te algumas pistas…

 

Imagina que vais brincar com os teus amigos e achas que tens umas ideias novas de umas brincadeiras muito divertidas e que eles vão adorar mas, de repente eles não querem fazer o que tu gostavas!
Pois é, pode ser difícil e, às vezes, acabas por ficar sozinho e sem brincar.

 

Então o que podes fazer para não seres repreendido e os teus amigos quererem estar contigo?

Aqui ficam algumas sugestões:

 

Nas brincadeiras com os outros

- apesar de achares que tens as melhores ideias para as brincadeiras e jogos com os teus amigos ou irmãos, tenta ter paciência e ouvir a opinião deles, pois só assim eles também estarão dispostos a ouvir as tuas sugestões.
Assim, podes vir a descobrir que eles também têm ideias interessantes.

- na convivência com os outros e para que seja justo para todos, é importante de vez em quando ceder e fazer a vontade dos amigos, para depois noutras vezes eles também fazerem as coisas como nós queremos. Assim, não é só um a mandar, e descobrem que todos podem mandar em brincadeiras diferentes!

- por vezes podes fazer coisas e ter atitudes com os outros que não eram exatamente as que querias fazer, pois isso para ti pode ser mais difícil de controlar.

Mas, assim também deves aprender a pedir desculpa quando erraste ou abusaste no que fizeste. Os verdadeiros amigos desculpam e a brincadeira pode continuar.

- o que faz nós sermos amigos e gostarmos de estar uns com os outros, é conseguirmos pôr-nos no lugar do outro e pensarmos sobre o que sentiríamos se nos fizessem o mesmo que lhes fizemos.

Se não gostarmos, então de certeza que ele também não gostará e poderá ficar triste connosco, por isso devemos mudá-la.

- podes aprender a partilhar, pois naturalmente gostas muito de fazer amigos e também podes ser bondoso e companheiro.

 

Não te esqueças que os teus amigos gostam de ti e aceitam-te como és.
Por isso, tu também poderás descobrir como gostar muito mais!