A hora dos TPC

Trabalhos para casa (TPC)

A questão dos trabalhos de casa é sempre fundamental nas crianças com PHDA. É um momento que  leva pais e crianças ao "desespero" e que surge, frequentemente, nas consultas como um momento de tensão e de difícil gestão.

Há que considerar que, para uma criança com esta perturbação, não é fácil estar sentado durante muitas horas a realizar tarefas organizadas e sistematizadas. Sobretudo depois de um longo dia de escola e em horas tardias.

Existem algumas estratégias que podem ser implementadas para ajudar nestes momentos:

– auxiliar a criança a organizar as tarefas e a saber exatamente o que tem quer fazer (poderá recorrer a notas e a post-its deixados em locais estratégicos, como num quadro magnético);

– decidir com a criança qual o melhor horário para fazer os trabalhos de casa, de forma a conseguir um melhor nível de concentração (não pode ser muito tarde e também precisa de ter algum tempo livre e de dormir);

- Tente estabelecer um horário reduzido, cerca de 2 horas, para a realização dos TPC e tente cumpri-lo. Assim esta tarefa não se prolonga durante vários dias;

– estabelecer um local fixo para realizar os trabalhos e para estudar; de preferência bem iluminado, longe da televisão e das zonas de maior circulação dentro de casa, sem muitos objetos à vista que possam provocar distração;

– permitir e incentivar a pequenas pausas e intervalos (por exemplo, 40 minutos de trabalho e seguido de um intervalo de 10 minutos);

– incentivar e supervisionar a criança, dando-lhe espaço para falar das suas dificuldades, sobre o que acha mais difícil e/ou o que aprendeu de novo;

reforçar/elogiar sempre o trabalho concretizado e/ou o comportamento desejado;

- Se sentir que os trabalhos são em grande quantidade e que surgem grandes dificuldades na manutenção da concentração, tente negociar com a escola a quantidade de trabalhos a realizar e identificar quais são as competências mais importantes de adquirir;

- Os trabalhos mais extensos devem ser feitos ao fim-de-semana, já que há mais disponibilidade de tempo;

- Trazer por sistema fichas inacabadas da escola é uma má solução, sobrecarrega ainda mais - fale sobre isso com o professor;

- As atividades extra-curriculares são benéficas, mas verifique se não tem atividades a mais que dificultam a organização do horário dos TPC.

Se for possível, financeira e logisticamente, atribuir a supervisão dos TPC's a alguém exterior, é muitas vezes um bom recurso. Pode ocorrer em ateliers de tempos livres, centros de apoio ao estudo ou explicações. Para as crianças com problemas na atenção é importante que não estejam em grupos muito grandes (como numa aula) e que alguém dê ajuda quando a atenção se dispersa ou quando tem dúvidas.

Estes ajustes ajudam a evitar que haja uma deterioração da relação entre os pais e as crianças e permite um fim do dia mais calmo e melhor disposição para todos!